Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores comentam sobre interdição do hospital e apoio financeiro para atividades culturais e para atletas

Vereadores comentam sobre interdição do hospital e apoio financeiro para atividades culturais e para atletas

por alt publicado 11/09/2019 19h26, última modificação 11/09/2019 19h26

Durante o expediente da sessão ordinária, a Mesa Diretora da Câmara informou sobre o recebimento do seguinte ofício:

 - Oficio nº 020/2019, da Secretaria de Administração e Finanças, em resposta ao requerimento nº 58/2019, sobre despesas do Grupo Arraiá do Ribuliço;

 - Projeto de Lei nº 02/2019, do Vereador Antonio Leite, Estabelecendo em cinco anos o tempo máximo de idade veicular para locação de veículos pelo poder público municipal;

 - Mensagem nº 012/2019, do Prefeito Municipal, que altera a Lei 532/2011, que dispõe sobre diárias do poder executivo;

 - Mensagem nº 013/2019, do Prefeito Municipal, que autoriza o poder executivo a conceder incentivo, na forma de bolsa, aos catadores de recicláveis;

Fez o uso da tribuna popular o Sr. Paulo Henrique se Sousa Maia

Usou a tribuna para falar do abaixo assinado sobre os serviços da Cagece, buscando melhorias nos serviços e abastecimento, destacou 3 pontos críticos: Coloração da água, falta de água constante, principalmente na parte de cima da cidade e que façam uma correção nas taxas mensal.

Citou que a sociedade fala que falta água e falta qualidade na água, mais não falta um servidor para tirar a leitura e deixar o papel.

Disse também que muitas vezes os pessoal fica se sacrificando durante a madrugada para poder encher os reservatórios, que também não intende o por quer da falta de água, sendo que o açude tem bastante água, que inclusive sangrou esse ano.

Mostrou muito feliz com o resultado, não esperava o número de assinaturas.

E finalizou dizendo que muitas pessoas se negaram a assinar, que uma causa coletiva dessa teria que haver uma união maior por parte de todos.

Tema Livre

Vereador Flavio Correia

Iniciou falando sobre o dia 07 de setembro, disse que alguns discursos não condizem com a verdade, afirmou que no Brasil não existe independência, muito menos em nossa cidade. Falou da felicidade em vê a banda de música municipal voltar a tocar. Disse que não havia necessidade de tirar a banda de música de funcionamento, que sabia qual era a intenção da sua retirada, pois era para poder deixar alguns membros de fora, mais que continuará sempre a cobrar.

Falou também do jogo da Seleção de Altaneira na cidade de Tarrafas, que havia muito sangue ruim acompanhando a Seleção aonde teve a derrota por 4 a 0, considerada humilhante, mais que não comentará o futebol de Altaneira por um resultado, um resultado é normal acontecer, pois tem dias que nada dá certo, que irá deixar mais para frente para analisar melhor, apesar do futebol de Altaneira ser um esporte que tem apoio, mostrou também sua tristeza se referindo aos dirigentes, quanto a arrogância ao se pronunciarem quando recebem críticas.

Mostrou também sua tristeza e criticou o secretário de governo, que foi um dos maiores defensores da legalidade e moralidade e hoje assiste a tudo isso de forma silenciosa, sem reação.

Mostrou sua revolta a falta de apoio aos jovens afirmando que estão sendo sacrificados, citando o caso do jovem Klayser que foi vice-campeão brasileiro no kung fu, sendo apoiado por pessoas de outro município por que o município não apoia, e aí cadê o pode o público? Afirmou o parlamentar

Falou da boa imprensa, que boa imprensa faz o que a TV verdes mares fez, ouviu os lados e publicou a verdade desmascarando a mentira. Continuou falando que a questão do Coren é muito simples, era só ter falado a verdade e não ficar jogando a responsabilidades nos ombros dos vereadores. A moça foi clara, a enfermaria foi interditada por falta do profissional da aria de enfermagem.

Finalizou se juntando ao pronunciamento do vereador Antônio Leite quando o mesmo no dia 07 de setembro, quando mostrou que não se tem independência, por que realmente não se tem independência, as críticas ensaiadas não foi uma ofensa a eles, e sim, aquelas crianças e professores que estavam presentes.

Vereadora Zuleide Ferreira

 

Iniciou parabenizando as escolas pelos seminários realizados e também o hasteamento das bandeiras no dia 7 de setembro, os alunos participantes, a secretária de educação e a banda de música Padre David Moreira pela apresentação. Citou a importância dessa data para o nosso país e questiona a fala do Vereador Antônio Leite no dia 7 de setembro quando o mesmo questionou se realmente tínhamos independência, onde citou os últimos acontecimentos na atual gestão, com a exclusão de dois jovens da banda de música municipal até o momento sem justificativa. A Vereadora citou o fechamento da Câmara Municipal na gestão do ex-presidente Antônio Leite em sete de setembro do ano passado. Questionou que Antônio Leite não tinha moral para fazer esses questionamentos.

Sobre a visita do COREN ao Hospital Municipal falou que fez uma visita pra averiguar a situação e que sempre funcionou dessa forma, com alguns profissionais de enfermagem e vários técnicos e acredita que  o COREN (Conselho Regional de Enfermagem) foi acionado a vir ao município e que houve comemorações em virtude do acontecido, mas ela não concorda com isso e segundo ela é preciso lutar pelo povo do município. Que tudo exigido pelo COREN irá ser feito, mais que os gastos irão aumentar e que não existe essa questão de ódio por parte do governo e que as pessoas que vieram para o evento no dia 7 de setembro não foram obrigadas a vir, vieram de livre e espontânea vontade pois até as crianças estavam satisfeitas.

Vereadora Silvania Andrade

Iniciou parabenizando a todos os envolvidos no I seminário da educação, não teve como participar, mas que só viu elogios ao evento, que isso sim é mostrar trabalho.

Falou que dizem que o problema da banda é política, mais citou a quadrilha do Ribuliço que tem muitos jovens que não votam no prefeito, mais que respeita, que é o mais importante.

Parabenizou também o Secretario de Cultura pelo trabalho feito até o momento, que o mesmo está fazendo tudo que tem que ser feito.

Vereador Antonio Leite

Iniciou agradecendo o atendimento do seu requerimento  e fazendo um balanço dos gastos feitos com a quadrilha Arraiá do Ribuliço, onde segundo ele, existem vários pontos questionáveis sobre os gastos efetuados. Afirmou que os gastos chega à casa dos R$ 100.000,00 (Cem Mil Reais) e esse dinheiro poderia ser usado na saúde onde há várias situações já faladas e comprovadas.

Pediu licença a Vereadora Alice Gonçalves para citar o seu exemplo quando a Câmara se prontificou a ajudar e aprovar qualquer situação favorável para seu tratamento de saúde e que qualquer cidadão que venha a passar por algo dessa forma irá ser feito o mesmo procedimento de ajuda, assim tenham conhecimento.

Sobre o 7 de setembro parabenizou a atitude do controlador do município por controlar muito bem a situação no andamento do evento onde cita o comportamento da primeira dama Lan Alencar, citando a biblioteca que hoje se encontra em total desorganização. O Vereador falou que a cultura se acabou após a saída do ex-secretário Antônio Pereira, pois nesse período havia uma maior autonomia organização e hoje até um programa que era utilizado para acessar os livros não existe mais, é um verdadeiro depósito.

Sobre o vídeo gravado pelo prefeito na frente do Hospital onde chama alguns blogueiros de terroristas, o Vereador afirma que o maior terrorista é o próprio prefeito e que a população é quem escolhe seus representantes da forma que melhor entende e que fica triste por secretários e diretores não terem autonomia, citando que no vídeo feito em frente ao Hospital os mesmos aparecem como um cenário ou figuristas como em novelas que estão ali para não falar nada, penas para ficar ali atrás. Questionou se a secretária de saúde, a diretora ou a enfermeira não podiam fazer essas explanações ao invés do prefeito e que em outro momento foi chamado pelo prefeito para gravar um vídeo na escola Joaquim Soares e se recusou pois não condizia com a verdade e que não era figurinista de cenário para ninguém.

Conclui dizendo: “quem tiver independência não se envergonhe de lutar por ela, porque a força maior, o poder do povo, mas primeiro o poder de DEUS”,  e que no momento da democracia quem tem o poder de escolha é o povo sem precisar de ninguém no ouvida dizendo o que precisa ser feito.

Vereador Devaldo Nogueira

Iniciou falando que tem por ética costume de não fazer comentários, mas se referindo ao dia 07 de setembro, disse ter ficado muito entusiasmado com as crianças da escola Fausta Venâncio cantando o hino de Altaneira, que ficou muito emocionado e satisfeito, por que o mesmo não sabe o hino de Altaneira, e ver aquelas crianças cantando lhe comoveu muito.

E que os demais fatos ocorridos são naturais. Todos têm o livre arbítrio, que todos sabem que a liberdade não é plena, que inclusive na maior democracia do mundo que é os Estados Unidos em pleno século XX está sendo feito um muro na divisa com o México.

Avisou a todos que a máquina irá começar a fazer as estradas da comunidade da Taboquinha, que aonde ela conseguir laminar vai ser feito, a determinação é que não levante a lâmina e aonde tiver pedras vai ser coberto depois.

Vereador Professor Adeilton

Iniciou parabenizando os jovens atletas Klayser e Cleodimar por terem representado tão bem nosso estado e nosso município no XXX Campeonato Brasileiro de Kong Fu. Mesmo sem o apoio devido, conseguiram superar todos os limites e conseguiram estar entre os melhores do Brasil. Fez referência ao vice-campeonato do atleta Klayser Venâncio.

Sobre a fiscalização do COREN, afirmou que a interdição ocorreu sem necessidade de denúncia. Que o próprio prefeito e a servidora do COREN afirmaram no vídeo divulgado que a irregularidade vem de longe, desde de quando o Prefeito era Secretário de Saúde. Explicou que ninguém, em sã consciência, iria comemorar uma interdição do Hospital. Que estamos todos cobrando a resolução dos problemas e que tudo volte a normalidade.

Sobre os gastos com o Arraiá do Ribuliço, afirmou que apoio o incentivo financeiro para todos, para a seleção de campo, para todos os atletas altaneirenses que estiverem precisando de tal apoio. Não acha correto custear apenas os que ele entende ser necessário, pois todos têm o direito e os atletas têm demonstrado um brilhante desempenho nas competições.

Na ordem do dia

Foi aprovado, por unanimidade, o Requerimento nº 65/2019, do Vereador Antônio Leite, que requer do poder executivo municipal a colocação de identificação na biblioteca pública municipal.

O Presidente informou sobre as reuniões que estão realizando nas associações nas comunidades onde o SISAR no abastecimento de água. Registrou que tem sido muito positiva e que no próximo sábado, 14/09, acontecerá a reunião com a associação do Sítio Tabuleiro, às 16h30min.

Nada mais havendo a tratar a sessão foi encerrada.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 1150
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo

Acesso à Informação