Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores debatem sobre perseguição política e terceirização do transporte universitário

Vereadores debatem sobre perseguição política e terceirização do transporte universitário

por alt publicado 04/09/2019 19h36, última modificação 04/09/2019 19h36
Na sessão de hoje os Vereadores debateram sobre diversos temas: Perseguição política, terceirização do transporte universitário e aprovaram requerimentos sobre sinalização de ruas, construção de redutores de velocidade e locação de imóvel na capital para pacientes em tratamento de saúde.

Durante o expediente da sessão ordinária, a Mesa Diretora da Câmara informou sobre o recebimento do seguinte ofício: nº 018/2019/SEAD, da Secretária de Finanças, Enviando a prestação de contas referente ao mês de junho de 2019.

Tema Livre

Vereador Antonio Leite

Iniciou desejando boas-vindas a Vereadora Alice Gonçalves que voltou ao plenário depois de passar por procedimentos cirúrgicos. O Vereador continuou falando sobre os debates nas redes sociais a respeito da licitação do transporte universitário, o qual considera um valor muito acima do necessário para as rotas destinadas, justificando que participou de reunião com a associação dos universitários em 2018 e que o valor mensal pedido pela mesma era muito menor do que consta na licitação e que ficará atento a essa licitação para quando sair ele possa mostrar a realidade.

Sobre a saúde afirma que tem uma paciente no Hospital há mais de 29 dias esperando por uma cirurgia de fêmur. Que até o momento não aconteceu, ele afirma que por ser uma pessoa idosa, deveria ser prioridade da secretaria de saúde em solucionar e amenizar o sofrimento dessa pessoa de forma mais rápida. Sobre as estradas o mesmo falou que ainda não foram feitas citando as da comunidade de Taboquinha. Critica a situação que aconteceu com os atletas que irão representar o município em competição esportiva em Santa Catarina, onde apenas um obteve apoio do gestor municipal, onde os mesmos irão representar o município e não pode haver discriminação quanto a isso.

Vereadora Zuleide Ferreira

Iniciou parabenizando a ideia da Secretária de Educação Leocadia Nogueira por ter organizado durante a semana inteira os seminários nas escolas municipais, parabenizou o esforço dos educadores de Altaneira e ao governo municipal pelos investimentos.

A mesma disse que na gestão anterior cobrava vagas para crianças de 0 a 4 anos de idade, não se tinha vagas suficientes, e hoje tem 100% das crianças aprendendo.

Disse também que a licitação referente ao transporte universitário não irá mais acontecer na data que estava marcada, houve o cancelamento e uma nova remarcação.

Sobre a senhora centenária do município que se encontra internada aguardando a cirurgia do fêmur, o prefeito municipal foi pessoalmente ver a situação da senhora e a cirurgia dela está marcada para amanhã.

Falou novamente do transporte universitário, dizendo que precisa que haja a licitação, porquê a contabilidade garante que o município não se pode haver transferência de recurso para a associação.

E quanto ao patrocínio feito ao atleta Cleodimar, não foi um patrocínio feito pelo governo e sim pela pessoa de Dariomar Rodrigues, pois como não tem a possibilidade de patrocinar a vários atletas, o mesmo de livre escolha, resolveu patrocinar o atleta de seu interesse. Afirmou ainda que os próprios vereadores deviam patrocinar os outros atletas, que inclusive a mesma irá adotar um atleta para apoiar.

Silvania Andrade

Disse que o atleta Cleodimar foi patrocinado pala pessoa do prefeito Dariomar Rodrigues e não do prefeito por conta do Serviço prestado na escola em tempo integral 18 de dezembro. Que o prefeito achou que ele merecia esse patrocínio.

Falou também que não se recordava dessa reunião realizada em sua casa para excluir 2 vereadores, e os demais ficar ao lado do prefeito.

Finalizou dizendo que o certo é os vereadores fazer do jeito que o prefeito fez, ajudar com os atletas que necessitam.

Vereador Professor Adeilton

Iniciou registrando a alegria de ter a Vereadora Alice de volta. Que a Câmara estará sempre à disposição para ajudar no possível e que sua recuperação seja rápida e satisfatória. Aproveitou para pedir as pessoas que andam pregando mentiras sobre a não ter convocado o suplente Genival. Afirmou que não podia fazer isso, pois Alice estava gozando de um direito e que não iria arrumar problemas sabendo que não podia fazer a convocação. Que tais pessoas pregassem o bem, deixasse de espalhar discórdias e mentiras.

O Presidente da Câmara registrou que participou do I seminário promovido pela Secretaria de Educação do Município, onde foram apresentados os resultados da educação, demonstrando que estamos muito distantes do desejado no ensino fundamental II.

Relatou ainda a respeito de uma reunião que participou com o Secretário de Cultura, Luiz Pedro, o maestro da Banda de Música, Alan, os jovens Tales, Bianca e Vanessa. Afirmou que iniciaram com uma pergunta e saíram sem respostas. Que o Secretário de Cultura não sabe informar o porquê da expulsão dos dois jovens da Banda. Afirmou ser perigoso e preocupante tais perseguições e que as pessoas que calam diante de tais fatos, já foram perseguidos no passado, esqueceram e agora contribuem para tal. Mas que a lei do retorno não falha e que no futuro poderão ser perseguidos novamente. Eles têm a oportunidade de fazer diferente, mas preferem viver a velha política, a política do atraso, do retrocesso. Informou que Luiz Pedro ficou de dar uma resposta até hoje sobre esse caso, mas que tentou entrar em contato com o mesmo e não recebeu respostas do mesmo.

A respeito do caso dos jovens atletas que foram representar nosso Município e nosso estado, afirmou que é decepcionante todo ocorrido. Que agora afirmam que o patrocínio foi dado pela pessoa de Dariomar e não pelo Prefeito. Mas que o vídeo gravado é uma afronta a democracia, a igualdade, ao povo de bem. Pois incita a discriminação, a perseguição. Que o jovem Klayser teve que buscar apoio fora do seu Município, por não receber na terra a qual representa. Afirmou que apoia tudo que estão fazendo por nossa seleção de campo, mas que é preciso fazer pelos demais. Não podemos abandonar outros atletas e investir somente no que se quer. O Prefeito deve trabalhar e defender a todos. s que a Secretaria de Cultura possui a rubrica 33.90.48.00 – auxílio financeiro a pessoas física com valor de R$ 15.519,00 e para programa de esporte e lazer tem mais de R$ 135.000,00 em dotação. Não apoia os demais esportistas por falta de planejamento, organização e interesse.

Encerrou criticando a licitação que busca terceiriza o transporte universitário, não pela terceirização, pois acredita ser uma boa saída, mas pelos valores apresentados. Acha inadmissível propor uma viagem no valor de R$ 624,00 para o Crato, R$ 980,00 para o Juazeiro do Norte e R$ 680,00 para o Assaré. Isso ocorrendo é querer nos chamar de “otários”. Não podemos permitir isso.

Vereador Valmir Brasil

Iniciou dando boas vindas a Vereadora Alice Gonçalves, continuando afirma que houve sim a reunião com o prefeito citada pelo vereador Antonio Leite na casa da Vereadora Silvania no início do mandato para discutir situações políticas entre eles. O Vereador Valmir citou que o gestor falou que os Vereadores Flávio e Antonio Leite não querem o bem de Altaneira e percebeu que o gestor estava querendo excluir os dois Vereadores e querendo que o Vereador Valmir e Cier Basto ficassem com o gestor pra dar continuidade ao mandato, o que de fato não aconteceu. Continuando citou os episódios que aconteceram com os atletas recentemente e com os integrantes que ficaram de fora da formação da banda de música municipal, encerra pedindo a participação de todos na reunião que acontecerá com o SISAR e as associações do São Romão no Sábado dia 07 de setembro as 09hs da manhã.

Vereador Cier Basto

Iniciou dando as boas vindas a Vereadora Alice Gonçalves, continuando falou sobre a questão das estradas e outras obras que encontram-se paradas e falou que só tem uma resposta quando todos passam a cobrar, falou que toda decisão tomada antes de sair do grupo do atual gestor o mesmo tinha conhecimento e afirma não ter havido traição como tanto se fala. Citou que as pessoas perguntam porque deixaram de ser vereadores do prefeito e o mesmo afirmou: “Vereador não tem que ser de prefeito, Vereador tem que ser do povo”. E que está Vereador para defender o povo. Lamentou o que aconteceu com o atleta Klayser e prometeu lutar para combater esse tipo de situação. Citando a Escola 18 de Dezembro, parabenizou a direção e os professores pelos jovens que se destacaram nos jogos escolares na modalidade de xadrez.

Vereador Flávio Correia

Começou falando que um dos assuntos mais discutidos durante a semana foi sobre a críticas feito a imprensa na semana passada, afirmou que as cobranças estão sendo feito a imprensa vendida, a imprensa que se omite e que será sempre criticada.

Afirmou que a cultura continua sem rumo, citou que quando o Secretário usou a tribuna, disse que umas das coisas que pediu ao governo foi transparência, mas que isto não está acontecendo, por que os jovens continuam sendo perseguidos e um governo que persegui jovens é um governo tirano.

Falou também que a mais ou menos um ano e pouco a atrás ele juntamente com os vereadores Antonio Leite, Valmir e Cier estavam sendo chamados de golpistas, mentirosos, traidores e o tempo vai esclarecendo. Que isso foi muito bom para eles, por que eles não aceitaram colocar as digitais diante dessas condições que existe hoje.

Afirmou que passaram mais de um ano tentando mostrar as irregularidades dentro do governo e que com eles não funcionava daquela forma. Disse que eles que foram traídos, por que ele não iria aceitar, pois foi um dos que mais cobrou em governos passados, que não iria conseguir fazer o que muitos fazem hoje. Que não teve coragem de receber propina e que foi procurado e que o prefeito sabe disso.

Pediu para o governo assumir os atos de covardia que estão sendo praticados, que a perseguição é grande neste governo. Perguntou o que seria essa história de velha e nova política, por que hoje a corrupção é maior que no passado, a perseguição hoje é maior que no passado, tudo isso é novo, essa é a política nova que se implantou em Altaneira, que se fosse para escolher, ele ficaria com a política velha, seria menos doloroso.

Parabenizou os Jovens Bianca e Thalles por que é de criança que se faz o homem e é dessa forma que se agi, que a casa estará sempre para defender a todos.

Em relação a reunião, afirmou que ele e o vereador Antonio Leite estavam era para terem sido fritados a tempos, mais o caráter dos vereadores Valmir e Cier Bastos é incontestável, tiveram uma posição muito descente com eles mesmo, por que o ato de covardia não deixa você olhar na cara do outro.

Finalizou dizendo que entre a nova política implantada hoje em Altaneira, ficaria com a velha política, por que era menos doloroso e menos sofrida.

E ressaltou a boa imprensa, o compromisso de levar até os ouvintes a boa informação, a informação verdadeira, e repudiou a imprensa negativa que aceita trabalhar para grupos.

Na ordem do dia foram aprovados três requerimentos:

Requerimento nº 62/2019, do Vereador Flavio Correia, solicitando ao Poder Executivo sinalizar trecho da rua Pedro Ângelo de Sousa. Aprovado por unanimidade,

Requerimento nº 63/2019, do Vereador Antonio Leite, solicitando do Poder Executivo construção de redutor de velocidade na Chapada dos Romeiros. Aprovado por 7 votos a 1, contrário apenas o Vereador Devaldo Nogueira.

Requerimento nº 64/2019, da Vereadora Zuleide Ferreira, solicitando ao Poder Executivo locação de imóvel na cidade de Fortaleza para hospedar pacientes de nosso Município que estejam em tratamento de saúde. O requerimento foi aprovado por unanimidade.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Mídias Sociais

Facebook Twitter Linkedin Youtube Flickr

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 1150
Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo

Acesso à Informação